Saiba como gerenciar a operação de BPO Financeiro

O empreendedor que quer fazer tudo, acaba não fazendo nada. É por isso que vemos cada vez mais pessoas buscando soluções de BPO Financeiro para seus negócios, de modo a ganhar tempo para focar no core business.

E para quem atua como operador de BPO Financeiro, saber como gerenciar cada operação é fundamental. Isso permite otimizar o trabalho e fazer entregas mais ágeis e assertivas aos clientes.  

Neste artigo, trazemos algumas dicas de como gerenciar a operação de BPO e garantir um serviço de qualidade às pessoas atendidas. Siga a leitura e confira!

Qual é a importância do controle de tarefas no BPO Financeiro?

Ter o controle de tarefas é um dos pontos centrais do BPO Financeiro. Afinal, diante de um volume tão grande de dados, é essencial que a organização e a análise tenham toda a atenção.

O operador do BPO Financeiro lidará com áreas como:

  • Conciliação bancária (análise de saldos bancários e registros de entradas e saídas);
  • Fluxo de caixa;
  • Indicadores (indicadores de desempenho financeiro);
  • Contas a receber (controle e análise dos recebíveis);
  • Contas a pagar (administração de pagamentos da folha de colaboradores, fornecedores e consumo);
  • Crédito (análise e avaliações para futuras operações do negócio);
  • Documentação fiscal;

Logo, sem um controle, fazer a gestão de tais tarefas se torna mais complicado e passível de erros. E temos certeza que você não quer isso, não é mesmo?

Leia também::: BPO Financeiro: entenda como controlar as tarefas no serviço

Dicas para controlar a operação de BPO Financeiro

O primeiro passo para começar a oferecer BPO financeiro é fazer as finanças da sua própria empresa contábil. 

Durante essa etapa você vai conhecer melhor o serviço e controlar a operação, garantindo que os processos funcionem também com os clientes.

A próxima fase é iniciar a operação com um cliente. Uma dica é iniciar com empresas de baixa complexidade, com pouco volume de documentos. Isso permite que você vá aprendendo com o passar dos dias a operação de forma completa e pode ir agregando novos clientes.

Logo, você terá total controle da operação e saberá executar com bastante facilidade o BPO Financeiro.

Uma dica extra é criar um processo de onboarding do cliente, definindo quais documentos e dados precisa e tornando isso uma prática padrão na sua empresa. 

Dessa forma, ficará mais fácil gerenciar as tarefas e evitar solicitações aos clientes por documentos não entregues.

Leia também::: 7 dicas para fazer seu escritório de contabilidade crescer

Conheça a melhor ferramenta de gestão de tarefas para BPO Financeiro

Além disso, ter a tecnologia como aliada é uma grande vantagem na operação do BPO Financeiro. Com uma plataforma de gestão de tarefas, fica mais fácil saber o que precisa ser executado e o que é prioridade.

Além disso, a plataforma permite categorizar clientes, garantindo que todas as informações de um mesmo cliente estejam facilmente acessíveis e ao alcance de apenas alguns cliques.

E neste cenário, a plataforma da PlayBPO se destaca, ao permitir que todas as tarefas possam ser gerenciadas em um único lugar. Por exemplo, com a plataforma da PlayBPO é possível:

  • Controlar das tarefas e processos;
  • Controlar todos os clientes em um único lugar;
  • Se comunicar com os clientes via APP e pela própria plataforma;
  • Ter um dashboard com os principais indicadores​;
  • Ter um TimeSheet para controlar o tempo gasto por cliente;
  • Gerenciar os indicativos de rentabilidade;
  • Ter um painel para controlar todos os acessos dos clientes;

Além disso, a ferramenta é totalmente escalável, permitindo que você possa adicionar novos clientes à sua operação conforme eles vão surgindo. 

Ficou interessado e quer saber mais sobre como a PlayBPO é a plataforma perfeita para gerenciar a operação? Então clique no botão abaixo e converse com nossos consultores!

https://materiais.playbpo.com.br/demonstracao-gratuita

Rolar para cima