BPO Financeiro: quanto cobrar pelo serviço?

Uma dúvida bastante comum para quem atua com BPO Financeiro é quanto cobrar pelo serviço. Afinal de contas, como uma terceirização relativamente nova, a precificação acaba deixando as pessoas em dúvida.

O BPO Financeiro tem sido cada vez mais procurado pelas empresas que passam por dificuldades em fazer corretamente a gestão financeira. Ou mesmo para quem deseja focar na sua atividade principal, e quer que uma equipe profissional conduza a área financeira.

Nesse sentido, surge o profissional especializado na área, mas que às vezes fica em dúvida sobre quanto cobrar pelo serviço. Principalmente àqueles que estão iniciando na área.

E para ajudar a precificar, nós da PlayBPO preparamos este artigo sobre BPO Financeiro: quanto cobrar pelo serviço! Confira!

Qual a função do BPO Financeiro?

Um dos primeiros passos na precificação do BPO Financeiro é explicar o que você fará de fato. Vale lembrar que BPO significa Business Process Outsourcing, ou seja, a terceirização dos processos de um negócio. 

Essa terceirização tem como objetivo transferir atividades que não estejam dentro do escopo de trabalho da empresa. Em geral, poucas empresas possuem o conhecimento necessário na área financeira. 

Conhecem o dia a dia, mas algumas rotinas que exigem maior dedicação acabam sendo deixadas de lado, ou então sendo de forma equivocada.

Nesse sentido surge o BPO financeiro, cujo objetivo é terceirizar o setor financeiro das empresas com profissionais que sejam especialistas na área. 

Entre as funções do BPO financeiro estão:

  • Gestão de contas a pagar
  • Agendamento de pagamentos e recebíveis
  • Conciliação bancária
  • Geração de relatórios
  • Gestão de contas a receber, 
  • Emissão de notas fiscais e comprovantes
  • Transações e rotinas do financeiro
  • Gestão de documentos

BPO Financeiro: quanto cobrar?

O próximo passo é saber precificar o serviço de BPO Financeiro. E para isso, diversas variáveis devem ser consideradas para chegar ao preço que será praticado. O ideal é ver como seus concorrentes estão atuando no mercado, e qual o preço médio praticado.

Esse ponto de partida é importante, para que você não pratique um preço muito acima da sua concorrência, e também não muito abaixo — o que pode gerar desconfiança sobre sua capacidade técnica.

Outro passo importante é quantos clientes você conseguirá atender sozinho. Com base nisso, estipule sua hora salário, adicionando ainda os impostos e a margem de lucro que considera ideal.

Se você já tem mais funcionários, analise quantos deles serão necessários para atender um cliente, e novamente aplique o custo da hora salário para fazer sua precificação, também considerando os impostos atrelados.

Leia também::: 5 estratégias de como vender BPO financeiro

Considere as ferramentas necessárias

Realizar o BPO Financeiro exigirá que você use as ferramentas certas para aumentar sua produtividade e assertividade. Além disso, fará você ganhar um tempo significativo na elaboração de planilhas e relatórios.

Nesse sentido, no momento da precificação do BPO Financeiro já considere os valores das assinaturas dessas plataformas. Por exemplo, ao contar com a PlayBPO, você só precisará de mais um sistema financeiro para começar a atuar na área de forma simples e rápida.

A plataforma já conta com todas as tarefas que você precisa para iniciar no BPO. Além disso, ela é escalável, ou seja, você poderá adicionar novas ferramentas com o passar do tempo, e conforme sentir que são necessárias.

Dessa forma você ganha agilidade na implantação do BPO e agilidade nas tarefas do dia a dia.

Inclua outros custos

Outros pontos também precisam ser considerados no momento de saber quanto cobrar pelo BPO Financeiro. Lembre-se dos custos fixos e variáveis, impostos, entre outros, na elaboração do seu preço pela prestação do serviço.

Ao atuar como um profissional da área, você se torna uma empresa e deverá considerar todos os custos envolvidos no processo, sob pena de tornar inviável seu negócio.

Espero que tenha gostado do artigo sobre BPO Financeiro e quanto cobrar pelo serviço. E caso queira conhecer a plataforma PlayBPO, é só clicar aqui!

Rolar para cima